sábado, 30 de abril de 2011

KIT DO GOVERNO BRASILEIRO, E QUEM PAGA É VOCÊ!








.








*Já transou?*
O governo dá a pílula do dia seguinte.







*Teve filho?*
O governo dá o Bolsa Família..








*Tá desempregado?*
O governo dá Bolsa Desemprego.






*Vai prestar vestibular?*
O governo dá o Bolsa Cota.












*Não tem terra?*
O governo dá o Bolsa Invasão e ainda te aposenta.










* Seu filho é gay?*
O governo vai criar dois novos programas:"O bolsa de estudos gay" e o "Primeiro emprego gay".



*RESOLVEU VIRAR BANDIDO E FOI PRESO?*
O governo dá o Auxílio Reclusão?

*Esse é novo: Todo presidiário com filhos tem direito a uma bolsa que é de R$798,30 por filho para sustentar a família, já que ocoitadinho não pode trabalhar para sustentar os filhos por estar preso. Não acredita? Confira abaixo no site da Previdência Social.
Portaria nº 48, de 12/2/2009, do INSS
( http://www.previdenciasocial.gov.br/conteudoDinamico.php?id=22)






Obs: *Estudar e ser correto, veja o que te acontece!*



Conclusaõ: "Trabalhe duro, pois o governo precisa do seu dinheiro para sustentar milhões de eleitores de curral que vivem do Fome-Zero e do Bolsa-Família,  sem trabalhar, e dependendo totalmente do dinheiro suado que você ganha trabalhando."O governo precisa muito do seu dinheiro para também financiar as paradas gays, os kits gay e mais toda a roubalheira que você já conhece.


               Viva o Brasil, salve o povo hiena, que come m..... e acha graça!!!


Fonte:Julio Severo com adaptações do Pr Anselmo Melo 

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Esconde – esconde

Escrito por Pati Geiger em terça-feira, 5 abril 2011
-Onde está você?
-Por que se escondeu?
Imagine essas palavras sendo pronunciadas pelo próprio Deus. Imagine Ele chamando por Adão no Jardim do Éden, logo depois que ele e Eva pecaram.
“Mas o Deus Eterno chamou o homem e perguntou: -Onde é que você está? O homem respondeu: -Eu ouvi a tua voz, quando estavas passeando pelo jardim, e fiquei com medo porque estava nu. Por isso me escondi.” Gênesis 3: 9 e 10
Adão e Eva haviam pecado. E porque tomaram consciência disso, se esconderam. Eles sentiram vergonha por estarem nus. O que antes era uma coisa natural e pura, agora era algo vergonhoso. O que fez eles se sentirem assim? PECADO.
O pecado faz com que você se sinta impuro. Faz com que você tenha medo.
E qual é a sua atitude?
Se esconder e tentar se tapar com folhas de figueira, como Adão e Eva fizeram.
“Nesse momento os olhos dos dois se abriram, e eles perceberam que estavam nus. Então costuraram umas folhas de figueira para usarem como tangas” Gênesis 6: 7
As coisas na nossa vida não são diferentes.
Quando pecamos e sabemos disso, nos escondemos com medo. E tentamos nos tapar com folhas, que são nossas desculpas. Tentamos nos esconder atrás de folhas, que teoricamente, nos esconderiam de Deus. Essas folhas (desculpas) pensamos que seriam capazes de nos esconder dos olhos do Senhor.
Mas, será que Deus não sabia onde Adão e Eva estavam, que chamou por Eles?
É claro que Ele sabia. Estamos falando de um Deus onisciente e onipresente.
“Os olhos do Senhor estão em todo lugar” Provérbios 15:3
Se Deus sabia onde eles estavam, porque Ele chamou por eles então?
Porque ele queria ouvir da boca deles o arrependimento.
NÓS gostamos de brincar de esconde-esconde com Ele, pensando que Ele demorará para nos encontrar. Nós gostamos de pecar e de nos esconder. Pensamos que Ele não vai nos achar. Pensamos que estamos tão bem escondidos no meio de nossas folhas de figueira, que Ele não vai nos ver.
 Mas Deus não gosta de brincar de esconde-esconde. Porque, pra Ele, não tem graça. Ele está em TODOS os lugares, e sempre sabe onde você está! Ele sempre vai te achar!
“Aonde posso ir a fim de escapar do teu Espírito? Para onde posso fugir da tua presença?  Se eu subir ao céu, tu lá estás; se descer ao mundo dos mortos, lá estás também.  Se eu voar para o Oriente ou for viver nos lugares mais distantes do Ocidente,  ainda ali a tua mão me guia, ainda ali tu me ajudas.  Eu poderia pedir que a escuridão me escondesse e que em volta de mim a luz virasse noite;  mas isso não adiantaria nada porque para ti a escuridão não é escura, e a noite é tão clara como o dia. Tu não fazes diferença entre a luz e a escuridão.” Salmos 139: 7-12
Mas uma coisa muito legal sobre Deus, é que se você brincar de esconde-esconde com Ele, Ele vai fazer questão de te achar e ainda vai te receber de braços abertos.
Agora, pare por um minuto para ouvir a voz de Deus… será que Ele não está chamando o seu nome?
-Onde está você?
- Por que se escondeu?

Quer Namorar???? Então PLANEJE-SE!

                                      
Fala galera, tudo bom??
Estou de volta depois de um tempinho sem escrever aqui. Senti saudades!!! :)
Hoje vamos falar sobre namoro, mas não exatamente o namoro em si mesmo, vamos falar sobre o que vem ANTES do namoro.
Sabemos que a escolha da pessoa com quem iremos conviver pelo resto de nossas vidas é a 2ª decisão mais importante na vida e essa escolha começa no namoro.
“Mas o que eu preciso fazer antes de tomar essa decisão?”
“O que preciso fazer para escolher no tempo e na condição (principalmente) certa???”
Essas são algumas questões que vc precisa pensar antes de namorar!
E a idéia deste post é te ajudar (se vc não está namorando) a encontrar respostas.
Se vc namora não tem problema, nada te impede de aplicar isso no seu namoro!!!
Vamos lá então!
Basicamente, se planejar é definir um objetivo e um plano de ação para alcançá-lo.
Se seu objetivo é namorar e adorar a Deus com seu namoro, vc pode estabelecer algumas metas, que não são obrigatórias mas são altamente recomendadas para que o namoro dê certo! Veja abaixo:
  • Minha idade
Não existe a idade certa para iniciar um namoro, mas é altamente recomendado que o namoro comece após os 18 anos (vou te falar o porque disso nos próximos tópicos). Vc pode ler mais sobre isso nesse post.
  • Minha maturidade
Não é porque completamos 18 anos que estamos maduros, mas aos 18 começamos a ter mais responsabilidades e o tratamento das pessoas (e até da lei) ao nosso respeito muda. Tudo isso contribui para que nós deixemos algumas atitudes de adolescentes para ter atitudes e pensamentos de adultos! Dentre outros benefícios a maturidade será importante para fazer seu namoro virar noivado, que vira casamento. Ela vem com as experiências através do tempo, ou seja, o que vc vive e aprende te torna uma pessoa madura. Por isso quanto mais maduro vc for, maior será a probabilidade de vc escolher corretamente e evitar frustrações desnecessárias.
  • Meu dinheiro
Se vc quer namorar, deixa eu te fazer umas perguntinhas básicas:
“Como vc vai ter $$$ para comprar um sorvete ou um presente para sua namorada(o)????”
“Ou é o níver dela(e), como vc vai comprar o presente???”
Admita, depender do dinheiro dos pais para namorar não dá!
Por isso é altamente recomendável que vc tenha um trabalho antes de namorar, principalmente se vc é homem. Veja bem, não estou te jogando nenhum peso sobre as costas, mas te digo que namorar é muito, muito bom, mas gera gastos como passeios, comida, telefone e presentes. Então procure ter um trabalho antes de namorar. Não depender financeiramente dos pais para namorar, mas ter vc mesmo a sua forma de trabalhar e ganhar seu próprio dinheiro te deixará mais maduro porque te dará a chance de aprender a lidar com finanças. E o NMM já fez um post sobre isso pra te ajudar, veja aqui,
Dica para os homens: mulher gosta e precisa de segurança. Uma das formas de passar isso é mostrar que vc tem um trabalho e que vc sabe lidar com suas finan as, essas duas coisas mostram que vc tem responsabilidade e ela se sentirá mais segura com vc.
  • Minha faculdade
Essa é uma escolha muito importante. Se vc já tem 18 anos então já deve estar pensando no que irá estudar.
Antes de namorar é bom que vc pense em que irá estudar na faculdade. Antes de namorar pense no que vc vai fazer, trabalhar pelo resto da sua vida. É importante que a escolha da faculdade esteja alinhada com sua vocação. Para te ajudar nessa escolha eu já escrevi um post veja aqui.
Pense nisso!
  • Minha vida com Deus
Todos os pontos anteriores são importantes, mas acredito que esse tem uma importância especial.
Como é sua vida com Deus? É diária ou de fim de semana? Como vc definiria o tipo da sua relação com Deus: servo, criatura, filho ou amigo?
Como o Fers já disse aqui, a intensidade do seu relacionamento com Deus será refletida na sua escolha sobre namoro.
Dica: Acredito que a escolha da pessoa que será sua companheira(o) pelo resto da vida deve ser baseada, principalmente, na vida que a pessoa escolhida tem com Deus, depois veja o caratér dela(e) e depois o físico.
 Queridos, namorar é excelente! Graças a Deus estou há 3 anos e 4 meses com a pessoa maravilhosa, sábia, linda e dedicada que é minha amada namorada Helena, que Deus a abençoe muito, espero casar com ela em breve! Calma, não estou enrolando ela, só estamos esperando ter as condições necessárias para casar, porque queremos evitar problemas gerados por falta de maturidade, pela condição financeira ou pior ainda, por não estarmos perto suficiente de Deus!
No namoro funciona assim também, precisamos ter uma boa condição, ou seja, ter relacionamento íntimo com Deus, ter o próprio dinheiro, escolher a profissão e a faculdade de acordo com a sua vocação, para ser feliz e fazer o(a) companheiro(a) feliz e principalmente deixar o Papi feliz!
:)
Por isso não apressem o tempo! Esperem o momento certo para começar um namoro.
“Porque o momento certo te levará para aquilo que é eterno!”
Deus abençoe poderosamente!
Samuel Oliveira
@samu_oliveira

quinta-feira, 28 de abril de 2011

David Wilkerson morre em acidente

O mundo evangélico amanheceu triste com a notícia da morte desse grande profeta contemporâneo. David Wilkerson foi um grande homem de Deus que, com sua obra A Cruz e o Punhal, inspirou todo o mundo com o Movimento Desafio Jovem e abertura de casas de reabilitação para drogados. Muitos internos e muitos ex-drogados nem sabem quem foi esse homem de Deus. Li certa vez que um pregador que foi em uma cidadezinha dos Estados Unidos descrevera como Jesus andava, agia, falava e tratava com as pessoas, e alguém da multidão levantou-se e disse: "Jesus esteve aqui semana passada". Ele estava se referindo ao David Wilkerson que havia estado naquela cidade na semana anterior.

Reputo Wilkerson como tendo sido o último profeta da América. Seus sermões eram muito inspirados e proféticos. Tinha visão de seu tempo como poucos e suas últimas pregações, exortando a América ao arrependimento e à conversão para que Deus não traga seu iminente juízo e destruição, mais pareciam os discursos e pregações de Jeremias nas ruas de Jerusalém! Logo agora quando os EUA mais precisam de uma voz como a dele! 

Os que desejarem conhecer melhor os sermões e a igreja desse servo de Deus, acessem:

Morreu ontem num acidente automobilístico, no estado do Texas, Estados Unidos, o pastor David Wilkerson. Ele dirigia um sedã Infinity e colidiu de frente com um caminhão. 

De acordo com o Departamento de Segurança daquele estado, Wilkerson não estava usando cinto de segurança. A esposa do ministro, Gwen Wilkerson, de 70 anos, usava o cinto e sobreviveu. Ela foi transportada de helicóptero para o East Texas Medical Center, de Jacksonville, e seu estado é grave. O motorista do caminhão, Frederick Braggs, de 38 anos, foi atendido no mesmo hospital, mas sofreu apenas ferimentos leves.

David Wilkerson é conhecido mundialmente pelo seu trabalho na evangelização de drogados e jovens marginais e também pelo livro A cruz e o punhal,  que relata os primeiros anos de seu ministério. Ele é o fundador do Desafio Jovem, entidade internacional dedicada a recuperar jovens do mundo das drogas e do crime.

A morte de David Wilkerson, aos 79 anos, também cala uma das vozes mais poderosas contra os desvios doutrinários e as aberrações comportamentais que invadiram a Igreja nos últimos anos. Ele se mostrava profundamente angustiado com a situação e com a letargia do povo de Deus diante do avanço desses modismos, cobrando uma atitude dos cristãos. Ele dizia: “Nós nos agarramos a nossas retóricas religiosas e conversas sobre avivamento, mas nos tornamos tão passivos! A verdadeira paixão nasce da angústia. Toda verdadeira paixão por Cristo vem de um batismo de angústia”. Que a sua morte não seja motivo de esquecermos as suas palavras.
Carro de David Wilkerson após o choque com um caminhão

(Fontes: CBNThe Washington PostPalestine Herald Press.)

terça-feira, 26 de abril de 2011

A teologia do tombo e a unção do cai-cai

Por Renato Vargens

Uma das principais características dos cultos neopentecostais é a chamada “unção do cai-cai.” A cantora Ana Paula Valadão, (veja vídeo abaixo) pastora da Igreja Batista da Lagoinha, protagonizou umas das típicas cenas deste movimento onde mediante o sopro de um pastor ela caiu no Espirito.

Pois é, basta com que o pregador sopre ou atire o seu paletó contra o público, que um número incontável de pessoas caem no chão, quer desacordadas ou tomadas por aquilo que alguns denominam de unção do riso.
A unção do cai-cai iniciou-se com o americano Randy Clark, que foi ordenado pastor em 1950. Segundo alguns relatos, ele recebeu uma profecia que afirmava que através de sua vida e ministério pessoas seriam derrubadas no Espírito. Para o pastor Clark, a unção era como dinamite, e a fé como a cápsula que explode a dinamite. Clark é autor do movimento "Catch the fire" ( agarre o fogo) que possuía uma noção estranha do signiifcado do poder divino.

Gostaria de ressaltar que na terra do Tio Sam, a unção do cai-cai virou uma febre. Pastores como Benny Hinn, Keneth Haigin também foram protagonistas na arte do tombo, disseminando sobre milhões de pessoas em toda a América um conceito eerrôneo e equivocado além é claro de anti-bíblico sobre o poder de Deus.

No Brasil, o movimento ganhou popularidade na década de 80 através do pastor Argentino Carlos Anacôndia. Anacôndia chegou ao Brasil, através das Comunidades Evangélicas, que mediante encontros e congressos esparramados em todo país, difundiram na igreja brasileira esta prática e comportamento doutrinário. Em 1990, a unção do cai-cai se espalhou de tal forma, que os crentes em Jesus passaram a acreditar que quando caíam no Espírito experimentavam cura para suas almas e a unção do tombo representava um olhar especial de Deus para com os seus filhos.

Em 1994 na Igreja Comunhão Divina do Aeroporto de Toronto, Canadá. Surge a bênção de Toronto, onde as pessoas movidas por uma “especial unção” cairam no chão, sem fala, rindo, chorando ou dando gargalhadas. Em pouco tempo, o templo estava lotado, vindo pessoas de todos os países e região. Em pouco tempo, as manifestações dos mais diferentes tipos de unções se fez presente no Canadá. Por exemplo, o pastor da Igreja de Vancouver, afirmou também que havia recebido uma profecia que o Espírito Santo se manifestaria imitando o som dos animais. Vale a pena ressaltar que o próprio pastor começou a urrar como leão, alegando que era o leão da tribo de Judá, uma das maneiras como Jesus é chamado na Bíblia.

Caro leitor, a luz disto tudo resta-nos perguntar: Existe fundamento bíblico para este tipo de unção? Em que lugar no Novo Testamento, vemos Jesus ou os apóstolos ensinando sobre a necessidade de cair no Espirito? Ou ainda, quais são os pressupostos teológicos que nos dão margem para acreditar na zooteologia, onde Deus se manifesta através de grunhidos animalescos?

Prezado amigo, vale a pena ressaltar que ao longo da história pessoas caíram prostradas diante de Deus. Jonathan Edwards nos traz relatos absolutamente impressionantes da manifestação do poder e da graça divina. John Wesley, em determinado momento da vida ao pregar o Evangelho da Salvação Eterna levou centenas de pessoas ao chão chorando e confessando os seus pecados. Agora, vamos combinar uma coisa? A quantidade de pessoas que dizem que foram derrubadas pelo Espírito de Deus e que continuam com o mesmo tipo de vida não está no Gibi. As pessoas que caem rugem como leões, latem como cães, comportam-se como animais e vivem uma vida cristã absolutamente aquém daquilo que Deus projetou.

Prezado irmão, quando o apóstolo João, ouviu a voz do Senhor na ilha de Patmos, prostrou-se conscientemente diante de Deus confessando o Senhorio de Cristo. Isaías, quando viu o Senhor no alto e sublime trono, curvou-se no chão dizendo, SANTO, SANTO, SANTO. Agora, o que não dá pra entender é esse cai-cai que não produz mudanças, arrependimentos e conversão de pecados.

Como já escrevi anteriormente creio veementemente que boa parte dos nossos problemas eclesiásticos se deve ao fato de termos abandonado a margem da existência as Escrituras. Não tenho a menor dúvida de que somente a Bíblia Sagrada é a suprema autoridade em matéria de vida e doutrina; só ela é o árbitro de todas as controvérsias, como também a norma para todas as decisões de fé e vida. É indispensável que entendamos que a autoridade da Escritura é superior à da Igreja, da tradição, bem como das experiências místicas adquiridas pelos crentes. Como discípulos de Jesus não nos é possível relativizarmos a Palavra Escrita de Deus, ela é lâmpada para os nossos pés e luz para os nossos caminhos.

O reformador João Calvino costumava dizer que o verdadeiro conhecimento de Deus está na bíblia, e de que ela é o escudo que nos protege do erro.

Em tempos difíceis como o nosso, precisamos regressar à Palavra de Deus, fazendo dela nossa única regra de fé, prática e comportamento, até porque somente assim conseguiremos discernir o verdadeiro do falso.

Pense nisso!

Até que a morte nos separe!

                                                  
Você projetou, sonhou, fez vários planos, mas de repente algo não aconteceu como se esperava. Pelo contrário, a situação de seu casamento está cada vez pior, vocês estão a ponto de se separar. 

O que ouve? Quem errou? Foi egoísmo, infidelidade? Falta de domínio próprio, de compreensão, ausência de diálogo? A família de seu cônjuge intromete no seu relacionamento? Ou foi a famosa crise financeira, responsável pela maior parte das brigas e discussões entre os casais? Quem está vivendo uma situação crítica no casamento, com toda certeza apontou alguma dessas características ou até mesmo assinalou outras que não estão descritas neste texto. 

Costumo dizer uma frase às pessoas que aconselho em relação ao matrimônio. “Casamento é sonhar sim, mas com o pé no chão”, ou seja, nem tudo são flores, nem tudo é perfeito, nem tudo acontece com a gente quer, nem tudo é um mar de rosas. Existirão problemas, dificuldades, discussões, algumas decepções e desilusões. 

O interessante é que esses problemas são identificados durante a cerimônia de casamento. Só que muitos cônjuges não se dão conta disso. Quando o pastor pede aos noivos que repitam a seguinte frase: “Na saúde ou na doença, na riqueza ou na pobreza, na alegria ou na tristeza... até que a morte nos separe”, objetivamente está sendo apresentado aos jovens nubentes a realidade da vida a dois: é uma jornada com sonhos e riscos de quem enfrenta um futuro a ser construído. Ao repetir essa frase deve-se, naquele momento, dizer isso conscientemente, pois no mundo espiritual está se fazendo um pacto, um compromisso com Deus que se prontifica a honrar seu matrimônio quando vieram as tempestades. 

Certa vez um casal comentou que eles estavam tão cansados no momento da cerimônia matrimonial, que eles tinham plena convicção de que simplesmente repetiram o que foi dito, mas não analisaram o conteúdo da frase. Isso é muito sério. Devemos dar importância ao que pronunciamos. 

Alguns casais são “cheios de amor pra dá” quando estão vivenciando uma boa situação financeira, de saúde e estão sem problemas. Mas a qualquer sinal de intempérie chegam a pronunciar palavras pesadas do tipo: “Maldita hora em que me casei com você”. A frase penetra no coração do parceiro como uma “facada”, matando todos os sonhos e motivações do cônjuge, frustrando-o completamente. 

Você que tem enfrentado lutas e adversidades em seu casamento faça uma nova aliança com seu esposo (a). Repitam juntos novamente as mesmas palavras ditas no dia de seu enlace matrimonial. Lembre-se: vocês se comprometeram a se amarem mesmo quando estivessem passando por lutas e tribulações, estando enfermos ou tristes ou em ocasiões de crises financeiras. Ali foi firmado um pacto de que os dois estariam enfrentando os problemas juntos e vencendo em nome de Jesus! 

É importante que se analise o tipo de união e qual o alvo que vocês pretendiam alcançar com a vida em comum. Toda fortaleza vai depender de que saibam que um nasceu para outro, que você é um presente, a parte complementar da pessoa amada. 

Isso nos faz lembrar da passagem bíblica sobre os dois fundamentos, em Mateus 7:24-27. Onde você está construindo o seu lar? Na rocha ou na areia? Você está edificando o seu lar em interesses pessoais ou está pensando em sua família? Só está com seu cônjuge enquanto ele tem dinheiro para oferecer? Só ama quando o seu parceiro está saudável? Pense nisso. Que além da morte não haja outro fator que venha separar vocês. Que Deus abençoe! 

Ana Paula Costa
redacao@lagoinha.com

O Medo de buscar a Deus e não encontrar

 
 


Oláá amados irmãos e leitores! Glória a Deus!!! Eu não sabia o próximo dia que eu ia voltar a escrever aqui... Deus sabe o quanto eu desejei isso e o quanto orei para que isso acontecesse =)! O intressante é que o que eu vou falar nesse post tem muitíssimo a ver com o motivo de eu demorar tanto para escrever... vou explicar direitinho pra vocês =)!

Mas então, vocês já passaram por isso? E quanto a gente vai buscar a Deus e... nada acontece? Por que isso aconteceu? E o medo que isso gera quando a gente vai buscar de novo? Esses dias eu chamei um amigo pra ir no monte orar e ele me disse assim "Cara eu não vou... porque eu estou 'tenso' e se eu chegar lá e não encontrar a presença de Deus eu vou ficar mais 'tenso' ainda". E a gente "Boora, cara! Vamo!". E ele foi. E ficou mais tenso ainda, porque não sentiu a presença de Deus. Já estava difícil ter esperança e a pouca que ele tinha foi golpeada. Mas por que isso acontece? Tem a ver com a "vontade" de Deus ou tem a ver comigo? Ore, peça para o Espírito Santo falar contigo. Faça isso confiado não em você, mas nEle apenas. Depois leia o post completo!!!!

Queridos vamos começar pela Palavra. Jesus disse essas palavras:


João 15
1 Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor. 
2 Todo ramo que, estando em mim, não der fruto, ele o corta; e todo o que dá fruto limpa, para que produza mais fruto ainda. 
3 Vós já estais limpos pela palavra que vos tenho falado; 
4 permanecei em mim, e eu permanecerei em vós. Como não pode o ramo produzir fruto de si mesmo, se não permanecer na videira, assim, nem vós o podeis dar, se não permanecerdes em mim. 
5 Eu sou a videira, vós, os ramos. Quem permanece em mim, e eu, nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer.


Perceba o que a Palavra diz, principalmente nos últimos versículos. Diz que Jesus é a videira e nós os ramos. Da mesma forma que um ramo sozinho sem a árvore não produz fruto, sem Jesus nós NADA podemos fazer. Tantas vezes tentamos fazer as coisas sozinhos, sem Jesus. Tentamos ter a presença de Deus e a comunhão com ele baseados no nosso próprio esforço e disciplina na leitura da Palavra e na oração. Isso não é confiar em Jesus e nem é fé! E sabe o que acontece quando chegamos na presença de Deus assim? Os versículos abaixo dizem, e talvez você já saiba muito bem.


Jeremias 17
5 Assim diz o SENHOR: Maldito o homem que confia no homem, faz da carne mortal o seu braço e aparta o seu coração do SENHOR! 
6 Porque será como o arbusto solitário no deserto e não verá quando vier o bem; antes, morará nos lugares secos do deserto, na terra salgada e inabitável.


Não existe nada na terra mais infrutífero e que produza menos fruto do que o deserto. Imagine um arbusto solitário nesse lugar. Na terra salgada e infrutífera nada pode nascer. Assim é o homem que faz da carne mortal o seu braço! Que confia na força, na disciplina e no esforço humano para se achegar a Deus, mas não confia em Jesus, que disse claramente "sem mim nada podeis fazer". Mas por que essa pessoa não confia em Jesus? Será que depender de Jesus para ela é uma coisa agradável? A verdade é que o ser humano odeia ser dependente de alguém ou alguma coisa. Mas no caso de Jesus, queridos, devia ser diferente! Porque é depender de alguém que te ama! Que quer o seu bem e quer cuidar de você... direcionar a sua vida no caminho dele! Não olhe para Jesus como alguém que "se quiser e a hora que quiser vai se aproximar de você", mas entenda que ele é bom e já quer isso, mas só faz isso quando você depende dEle apenas e confia nele apenas!! Você é só um galho! Se quiser fazer tudo sozinho vai secar... Olha que sério esse provérbio:



Provérbios 26
12 Tens visto o homem que é sábio a seus próprios olhos? Pode-se esperar mais do tolo do que dele.


Agora olha a diferença:


Jeremias 17
7 Bendito o homem que confia no SENHOR e cuja esperança é o SENHOR. 
8 Porque ele é como a árvore plantada junto às águas, que estende as suas raízes para o ribeiro e não receia quando vem o calor, mas a sua folha fica verde; e, no ano de sequidão, não se perturba, nem deixa de dar fruto.


Amém, queridos? Então vamos buscar ao Senhor confiando em nEle e não em nós! Entendendo que sem Ele nada podemos fazer! Não podemos ir bem na faculdade, ainda que tenhamos estudado muito; Não podemos nos encher da presença de Deus, ainda que haja esforço nos deveres religiosos; Não podemos anunciar a palavra, ainda que saibamos muito... confie nele!
Fonte: 
http://www.ojovemcristao.com/